Aeronave cai e mata 71 pessoas próximo a capital da Rússia

Ajustar Comente Impressão

A companhia aérea Saratov Airlines divulgou uma lista atualizada das vítimas do An-148, que sofreu um grave acidente neste domingo, na Rússia, quando ia de Moscou à cidade de Orsk, em Orenburg. O Kremlin disse, em nota oficial, não haver sobreviventes.

As autoridades admitem que, na origem do acidente, tenha estado o mau tempo ou erro humano. A caixa preta já foi recuperada.

A aeronave, segundo uma fonte citada pela agência, caiu entre as localidades de Arguntsevo e Stepanovo, na província de Moscou. Testemunhas disseram que viram o avião modelo AN-148 caindo em chamas.

O avião tinha uma tripulação de seis membros e 65 passageiros, entre eles três crianças.

De acordo com a Reuters, os escombros do avião e bens pertencentes aos passageiros foram encontrado num raio de um quilómetro do local do desastre, adiantaram investigadores.

A aeronave saiu do aeroporto Domodedovo, capital da Rússia, às 14h27 de domingo (horário local), com destino a Orsk.

Os corpos estão "em tal estado que será preciso realizar testes de DNA para identificar as vítimas", indicou o ministro dos Transportes, Maxim Sokolov, indicando que a tarefa poderia "levar entre dois e três meses". Putin pediu que seja formada uma comissão especial para investigar as causas desse acidente.

A Saratov Airlines voa sobretudo entre cidades russas mas opera também algumas rotas internacionais, com destinos na Arménia e Geórgia.

Os acidentes aéreos são frequentes na Rússia.

Comentários