Globo vai demitir Angélica se Huck for candidato, afirma coluna

Ajustar Comente Impressão

Nas polêmicas conversas com o ex-presidente FHC e partidos como o DEM, por exemplo, o dublê de apresentador e candidato global tem manifestado medo de ser traído.

O canal, inclusive, está exigindo uma decisão final do apresentador e já até avisou ao contratado que se ele escolher disputar as eleições, sua mulher, Angélica, igualmente deixará o plim plim. De todos Huck recebeu a mesma resposta: são ossos do ofício. As negociações estão mais do que abertas.

O PPS através de seu presidente nacional, o deputado Roberto Freire, prometeu retomar as negociações com Luciano Huck após o Carnaval para que ele se filie ao partido e dispute a presidência esse ano, segundo informação divulgada pelo "O Globo". "O Huck tem percebido o quanto o PSDB enfrenta esse problema de falta de unidade em prol de uma candidatura", afirmou.

Huck e Freire devem se reunir nos dias seguintes ao Carnaval, caso o apresentador mantenha a intenção de concorrer.

Procurado, Huck não respondeu aos recados deixados em sua caixa postal.

Comentários