Horário de verão termina no próximo final de semana

Ajustar Comente Impressão

Após 127 dias, termina no próximo domingo, 18, o horário de verão no Brasil. À meia-noite entre sábado e domingo, os moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem atrasar o relógio em uma hora.

O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal).

Com isso, o horário no leste do Amazonas e nos estados de Roraima e Rondônia ficam apenas 1 hora atrás do horário de Brasília, e o oeste do Amazonas e Acre ficam duas horas a menos que o horário da capital do país.

Criado para economizar energia e aproveitar energia solar, o horário já esteve perto de ser extinto.

Geralmente, o Governo anuncia a medida no terceiro domingo de outubro. Apesar disso, não divulgou a previsão de economia de energia para o período, que entre 2016 e 2017 foi de R$ 159,5 milhões.

No final do ano passado, o governo federal sinalizou para a possibilidade de abolir o horário de verão, por não haver consenso quanto à relação com a economia de energia elétrica.

A redução atende a pedido do ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, que solicitou a mudança por causa das eleições.

Esse ano, o primeiro turno das eleições será dia 7 de outubro e o segundo, no dia 28 do mesmo mês.

Comentários