Malha fina. Receita libera restituição de 102 mil contribuintes

Ajustar Comente Impressão

Isso porque a Receita Federal vai depositar, na quinta-feira, mais de R$ 210 milhões, referentes a restituições residuais do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física. Em Mato Grosso do Sul serão contemplados 1.434 contribuintes que caíram na malha fina ou tiveram problemas que os impediram de receber o dinheiro entre 2008 e 2017. O dinheiro será depositado na conta bancária do contribuinte, informada na declaração de ajuste anual.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet. "Conheça o e-Defesa". Lá, é possível aprender como acompanhar a declaração e se o problema da declaração é alguma pendência que pode ser corrigida.

Vale lembrar que a restituição ficará disponível no banco por um ano.

Se o valor não for creditado, o contribuinte deverá ir pessoalmente a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF.Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet.

Comentários