Morreu o chefe da oposição no Zimbabué

Ajustar Comente Impressão

O líder da oposição do Zimbábue, Morgan Tsvangirai, morreu nesta quarta-feira após uma longa batalha contra um câncer, gerando dúvidas sobre o futuro de seu partido Movimento para a Mudança Democrática (MDC), menos de três meses após o exército do país derrubar o líder de longa data Robert Mugabe.

Nos últimos dias, a imprensa local apontou que Tsvangirai, que tinha 65 anos, estava no hospital Wits Donald Gordon de Johanesburgo "afetado pelo esgotamento e a perda de peso e massa muscular".

"Posso confirmar que ele morreu nesta noite". A morte foi confirmada pelo vice-presidente do partido Movimento para a Mudança Democrática, Elias Mudzuri.

Tsvangirai sofria de cancro do cólon há dois anos. A situação clínica deteriorou-se rapidamente nos últimos dias, apesar de estar a em tratamento na África do Sul. Agora, o principal partido da oposição vai ter de escolher um novo presidente e lançar a campanha contra o Zanu-PF - o partido do poder, chefiado por Emmerson Mnangagwa, o sucessor de Mugabe.

A carreira política de Tsvangirai foi marcada pela luta contra o regime do ex-Presidente, Robert Mugabe. Foi preso inúmeras vezes e alvo de quatro atentados.

Comentários