Usa o Spotify sem pagar ? O serviço vai mudar !

Ajustar Comente Impressão

A Bloomberg avança que o Spotify está a planear mudanças nas suas subscrições gratuitas.

Estas alterações que pretendem incorporar características do serviço pago no serviço gratuito continuarão a ter, obviamente, uma diferenciação essencial entre ambos os planos: o serviço gratuito continuará a estar repleto de anúncios, ao contrário do serviço premium que é ad-free.

A informação disponibilizada diz que pessoas familiarizadas com o assunto disseram que o serviço gratuito de streaming de música será "mais fácil de usar", mas não foi disponibilizado qualquer detalhe sobre de como será.

O Spotify tem 2 milhões de utilizadores a enganar o sistema!

Para o Spotify, essa base de usuários não-pagos é importante, já que eles são vistos como potenciais assinantes para o futuro.

Apesar de existirem mais de 159 milhões de utilizadores ativos, e apenas metade deste valor possuírem contas premium, as receitas obtidas das mesmas contribuem para 90% dos 4.09 mil milhões de dólares obtidos pela empresa em 2017. Já a versão paga oferece aos utilizadores acesso irrestrito para criar listas de reprodução, descarregar músicas para ouvir offline e permitir que os utilizadores ouçam qualquer música, a qualquer hora, e sempre que lhes apeteça. Algumas mudanças estão a caminho do serviço - além do novo modo gratuito, o Spotify deve apresentar o primeiro hardware ainda neste mês, em um evento marcado para o dia 24 de abril.

A empresa espera chegar a mais de 200 milhões de utilizadores (assinantes gratuitos e pagos) até o final deste ano.

Comentários