Volvo apresenta SUV XC 40; veja fotos

Ajustar Comente Impressão

Com um sistema de pré-vendas que começou em janeiro e a partir dos clientes da marca, o SUV contabilizou 1 mil reservas do modelo.

De acordo com o presidente da Volvo, Luis Rezende, o XC40, produzido na Bélgica, deverá ser o modelo mais vendido da marca no mercado brasileiro. São três versões: T4, T5 e T5 R-Design. Ela será a base dos futuros veículos da série 40. Co-desenvolvida com a Geely, controladora da marca sueca, a CMA proporciona à fabricante a economia de escala necessária para esse segmento. Com 2,70m de distância entre-eixos, 4,42m de comprimento, 1,86m de largura e 1,65m de altura, o XC40 tem dimensões mais generosas do que seus principais concorrentes, o Audi Q3, Mercedes-Benz GLA e BMW X1. O exterior combina um capô longo e largos para-lamas que confirmam a presença imponente do modelo. O LED também está presente conjunto de iluminação dos faróis de neblina.

A Volvo está de olho no segmento dos SUVs, principalmente no dos compactos, que representa 31% de participação. O caráter jovial do modelo é expressado também pela cor do teto, diferente da carroceria na versão R-Design, e pelas barras de teto de alumínio. Há espaços de armazenamento mais funcionais nas portas e sob os assentos, lugar específico para smartphones (com carregamento por indução), um gancho para sacolas pequenas no porta-luvas e uma lixeira removível no túnel do console central.

Para obter mais espaço de armazenamento nas portas do XC40, os designers tiraram os autofalantes do local e desenvolveram um subwoofer ventilado a ar de alta qualidade montado no painel, criando espaço suficiente no compartimento para acomodar um laptop e um tablet, ou algumas garrafas de água. No porta-malas, um assoalho inteligente pode ser dobrado para levar sacolas ou outras bagagens por meio de ganchos. Traz painel de 12,3 polegadas e display central com tela de 9 polegadas com sensor infravermelho. As funções também podem ser acessadas por comando de voz. O XC40 apresenta, ainda, painel de instrumentos digital personalizável de 12,3 polegadas. Entre os sistemas de segurança disponíveis, destaque para o Volvo on call, que faz o rastreamento e bloqueio do veículo em caso de roubo, barateando o seguro.

Avaliado em trecho urbano e rodovia, o XC40 T5 tem desempenho muito convincente, especialmente no modo esportivo (Dynamic) de condução. Também é possível optar pelo motor T5 Drive-E, de 2 litros, 4 cilindros em linha, com turbocompressor e injeção direta de gasolina e 252 hp. O torque de 35,5 kgfm se dá entre 1.800 e 4.800 rpm.

Com transmissão automática de oito marchas e tração nas quatro rodas, o Volvo XC40 T5 vai de 0 a 100 km/h em 6,4 segundos e atinge máxima de 230 km/h. O SUV chega ao Brasil equipado com City Safety, sistema que auxilia o condutor com frenagem automática para evitar e reduzir o risco de colisão contra veículos, pedestres e animais à frente do carro. Conta também com a mitigação de pista oposta (Oncoming Lane Mitigation), que ajuda a evitar colisões com veículos que se aproximem vindos da pista contrária. A lista de equipamentos inclui também sistema auxiliar de permanência em faixa, que mantém e corrige a trajetória do carro caso ele esteja invadindo a contramão entre 65 km/h e 140 km/h. Por fim, a T5 R-Design traz áudio Harman-Kardon de 600W, navegador por GPS, sistema de leitura de placas, teto panorâmico elétrico, banco elétrico para o passageiro, controle de cruzeiro adaptativo, porta-malas com abertura por gesto, direção semi-autônoma, sensor de estacionamento dianteiro e volante com aletas para troca de marchas manuais.

Comentários