Rui Vitória: "Resultado mais justo seria o empate"

Ajustar Comente Impressão

Rui Vitória, treinador do Benfica, defendeu a ideia de que o empate seria "o resultado mais justo" no duelo com o FC Porto, que acabou por perder, e não atira a toalha ao chão quando os encarnados ficaram a dois pontos dos dragões, a quatro jornadas do fim.

Após a partida, em declarações à BTV, o técnico encarnado analisou o "jogo disputado, equilibrado" que se desenrolou na Luz e salientou que o resultado mais adequado ao sucedido teria sido a igualdade. Com uma primeira parte boa, em que tivemos mais no meio-campo adversário, mais á procura do golo. Depois melhor o FC Porto. Acabámos por sofrer um golo muito perto dos 90, talvez no único remate enquadrado à nossa baliza.

"Estamos tristes, não era isto que queríamos", admitiu.

"Já estivemos em situação mais complicada esta época".

Rui Vitória falou sobre a disponibilidade física de Jonas para o jogo de amanhã frente ao FC Porto e colocou três cenários em cima da mesa: "pode ser titular, pode começar no banco e pode não estar disponível". Estamos no 2.º lugar, faltam quatro jornadas e vamos disputá-las de forma muito determinada. "Vamos lutar pelas quatro jornadas até ao limite".

Comentários