Mansueto Almeida será Secretário do Tesouro

Ajustar Comente Impressão

Especialista em finanças públicas, Mansueto é um dos nomes mais conhecidos da equipe econômica, foi ventilado para o Ministério do Planejamento e BNDES, além do próprio Tesouro quando Henrique Meirelles foi anunciado ministro pelo presidente Michel Temer, em maio de 2016. As alterações foram comunicadas em nota divulgada nesta segunda-feira (16). O comunicado traz mais mudanças. Para o lugar dele, Guardia escolheu o economista Alexandre Manoel Angelo da Silva, atual subsecretário de Governança Fiscal e Regulação de Loteria. Desta vez, a situação mudou e ele deve tomar posse no cargo ainda hoje.

O Ministério da Fazenda adotará prazos de validade específicos para cada parecer emitido sobre concessão de garantia da União a estados, Distrito Federal e municípios para realização de operações de crédito. O ministro tem feito remajamentos, mas tem mantido os mesmos nomes na pasta.

Técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Mansueto chegou a atuar na campanha de Aécio Neves (PSDB-MG) nas eleições de 2014 na elaboração do programa econômico do tucano.

Na gestão de Meirelles na Fazenda, Mansueto chefiou a Seae (Secretaria de Acompanhamento Econômico), que posteriormente foi desmembrada.

Ariosto Antunes Culau é Analista de Planejamento e Orçamento, tendo exercido vários cargos nessa área, tais como diretor de Programas Econômicos, secretário adjunto e secretário de Orçamento Federal, no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

O novo secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida.

Comentários