Morre o radialista Paulo Barboza, ex-jurado do "Troféu Imprensa"

Ajustar Comente Impressão

Paulo Barboza, 73 anos, morreu no início da madrugada desta segunda-feira (16), em São Paulo.

Segundo informações da família, o velório ocorre das 9 horas às 17 horas no cemitério Horto da Paz, em Itapecerica, na Grande São Paulo. "Cumpriu com maestria seu importante papel de comunicador".

Em entrevista para o jornalístico São Paulo no Ar, o filho do radialista, Paulo Eugênio Barboza, lamentou a morte do pai.

Ainda de acordo com a publicação, o veterano foi casado por 48 anos com Eliane Barboza, que morreu em 2015.

Morre o radialista Paulo Barboza aos 73 anos, famosos lamentam
Radialista Paulo Barbosa morre aos 73 anos

Paulo Barboza é um dos nomes mais conhecidos do Rádio de São Paulo. Começou sua carreira de radialista na Rádio Imperial AM 1550 de Petrópolis, em 7 de setembro de 1959 e pela Super Rádio Tupi AM 1280 do Rio de Janeiro. Paulo Barboza também tinha um horário nas tardes da Rádio ABC AM 1570 de Santo André.

Sua estreia na Rede Tupi de Televisão foi com o programa "É Lá Que a Tupi Vai". Em 1988 ele foi para a Record para apresentar o "Programa Paulo Barboza".

Ele também era convidado frequente de programas de TV - entre 2007 e 2013, foi jurado do Troféu Imprensa, no SBT.

Comentários