Presidente da Guiné-Bissau nomeia o seu sétimo primeiro-ministro

Ajustar Comente Impressão

O Presidente guineense, José Mário Vaz, marcou a data do ato eleitoral no dia em que tomou posse o novo primeiro-ministro. Aristides Gomes é assim o sétimo primeiro-ministro nomeado por José Mário Vaz, eleito Presidente em 2014.

O novo Primeiro-Ministro tem a missão de formar um governo de consenso como manda o acordo de Conacri, de forma proporcional, tendo em vista o número de lugares conquistados pelos partidos no parlamento e realizar eleições legislativas.

A presente legislatura termina no próximo dia 23 deste mês.

De acordo com a agência noticiosa AFP, 10 chefes de Estado e de Governo da CEDEAO estiveram reunidos este domingo em Lomé para resolver o impasse político que a Guiné-Bissau vive há cerca de três anos.

O decreto presidencial que havia anunciado antes a nomeação de Aristides Gomes para chefiar o Governo até às eleições indica que escolha resultou de uma série de consultas desencadeadas por José Mário Vaz para a escolha de uma figura de consenso para o cargo.

O nome de Aristides Gomes ficou retido como figura consensual para liderar o próximo Governo guineense na sequência de conversações entre os dois principais partidos no Parlamento, o PAIGC e o PRS (Partido da Renovação Social).

Comentários