INSS vai aprovar aposentadoria e salário-maternidade por telefone e web

Ajustar Comente Impressão

A partir de segunda-feira (21), o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) deixará de agendar atendimento presencial para a realização de pedidos de aposentadoria por idade.

Segundo o INSS, a mudança acaba com a falta de vagas de agendamento e com o tempo de espera para ser atendido em uma agência. A partir de segunda-feira, o segurado que ligar para o telefone 135 ou acessar o site Meu INSS (inss.gov.br) receberá um protocolo de requerimento.

Atualmente, o segurado precisa agendar uma ida ao INSS para levar documentos e formalizar o pedido. Só vai ser necessário comparecer à agência se houver alguma pendência na documentação.

Atualmente, o Meu INSS tem mais de 7 milhões de usuários cadastrados e é acessível pelo computador ou celular.

Vale dizer que, por lei, o INSS tem um prazo de 45 dias para conceder ou negar o benefício e que o processo virtual não isentar a obrigação do órgão de enviar uma carta para a casa do requerente contendo informações sobre os cálculos usados pelo INSS para determinar o valor do benefício e a data do primeiro pagamento da aposentadoria. Mas esses não serão os únicos benefícios concedidos que serão alterados.

Todas essas medidas também vão valer imediatamente para pessoas que desejarem dar entrada no benefício de salário-maternidade.

Comentários