Tentativa de assalto a ônibus deixam um PM e dois bandidos mortos

Ajustar Comente Impressão

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, logo que os bandidos invadiram o veículo, reconheceram o PM, que estava fardado, e começaram a atirar. O policial militar foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luziânia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Na troca de tiros, os dois indivíduos morreram e o policial militar, identificado como Hernandes José Rosa, 3º sargento no 25º Batalhão, de Brasília, foi alvejado com dois disparos no peito, ele foi socorrido, mas morreu ao chegar no hospital. Eles estavam com uma arma calibre 12 e uma pistola ponto 40 e, no quilômetro 61 da rodovia, próximo ao povoado de São Bartolomeu, começaram a atirar várias vezes em direção ao ônibus para que ele parasse. Nisso, o agente penitenciário reagiu e os dois indivíduos vieram a óbito no local. Uma mulher está em estado grave e um homem foi atingido na mão.

O militar morava em Catalão (GO) e era lotado no 25° BPM, no Núcleo Bandeirante.

A Real Expresso, empresa responsável pelo coletivo, informou que está prestando assistência imediata aos passageiros. Entre as vítimas estão um policial militar e dois criminosos. Os corpos foram recolhidos e levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Formosa, que fica a 135 quilômetros de Luziânia, onde o crime ocorreu.

Comentários