Bruno de Carvalho (desmente que) suspendeu Jorge Jesus

Ajustar Comente Impressão

A direção do Sporting convocou esta tarde a equipa técnica e vários jogadores do Sporting para uma reunião no Estádio da Alvalade, para abordar a derrota da equipa perante o Marítimo, que relegou os leões para terceiro lugar na Liga e afastou o Sporting da Liga dos Campeões. A notícia da suspensão do treinador foi avançada pela imprensa ao fim da tarde.

Questionado se Jorge Jesus foi ou não suspenso e se irá orientar a equipa na final da Taça, no Jamor, o presidente dos 'leões' voltou a não confirmar: "Se o Bruno suspendeu o Jesus, então terão de esperar pelo Bruno, porque o presidente não suspendeu".

No final das reuniões, treinador e a restante equipa técnica formada por Raúl José, Mário Monteiro e Márcio Sampaio, foi suspensa e já não vai orientar a equipa na final da Taça de Portugal, no Jamor, com o Desp.

Em entrevista a Sporting TV, o presidente do clube Bruno de Carvalho explicou o teor do encontro.

"Este foi o dia mais negro da história do Sporting e do futebol português", acrescentou sobre as agressões de que foram alvo jogadores e treinadores da equipa profissional de futebol em pleno centro de treinos do clube.

"Em face das notícias vindas a público e à especulação que existe na comunicação social, a Sporting SAD informa que o treinador Jorge Jesus estará a orientar a equipa do Sporting CP na Final da Taça de Portugal".

"Colocou o Sporting no ponto mais baixo, no lixo", disse à CMTV, numa referência aos acontecimentos desta terça-feira.

Comentários