Polícia Civil realiza megaoperação de combate à pedofilia no Piauí

Ajustar Comente Impressão

Como a operação ainda está em andamento, a Polícia Civil de Santa Catarina não repassou mais detalhes. A polícia informou que suspeitos estão sendo detidos, mas não disse quantos nem de quem se tratam. Ao todo estão cumpridos 500 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

A Polícia Civil de Goiás desencadeou, na manhã desta quinta-feira (17), uma operação que tem por objetivo desarticular uma rede de pedófilos. Os alvos da operação estão sendo conduzidos para o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), no bairro da Madalena. Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos no Recife, em Paulista e em Jaboatão dos Guararapes. Durante a apreensão desses matérias nos 24 estados brasileiros mais o Distrito Federal, foram identificadas e presas 112 pessoas que utilizavam estes equipamentos para produzir, guardar ou compartilhar conteúdos de pedofilia na internet. A investigação é realizada há quatro meses. A ação faz parte de uma operação nacional contra a pedofilia, chamada Luz da Infância.

A operação é coordenada pela DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente) e conta com a participação de grande número de policiais civis, entre delegados de polícia, escrivães e agentes da delegacia geral, Greco, Diretoria de Inteligência da SSP/PI, DRCI (Delegacia de Repressão a Crimes de Informática); GPE (Gerência de Polícia Especializada); GPI (Gerência de Polícia do Interior); Deam Sul; Polinter; Depre; Delegacia do Meio Ambiente, com apoio técnico da Perícia Criminal e Perícia da Polícia Federal.

Comentários